ANUNCIAI PAZ ÀS NAÇÕES
Conhecimento Bíblico
22 Novembro, 2017, 11:56:25 *
Bem-vindo ao

Conhecimento Biblico,

Você é Membro? . Confirme seu Login ou Registrar-se  

Faça o teste Bíblico




Notícias
: Será que você conhece bem a Bíblia???  Faça o teste de Conhecimento Bíblico. http://www.igrejasunidas.com.br/conhecimentobiblico1/users1a_ajuda.php?convidado=Visitante
 
   Home   Ajuda Pesquisa Calendário Confirme seu Login Registrar-se  
Páginas: [1]   Ir para o Fundo
  IMPRIMIR  
Autor Tópico: ANUNCIAI PAZ ÀS NAÇÕES  (Lida 1210 vezes)
Administrador
Administrator
Sr. Member
*****
Offline Offline

Mensagens: 1458



« : 09 Novembro, 2011, 11:19:03 »

ANUNCIAI PAZ ÀS NAÇÕES
Zacarias 9.1-5

Introdução
Nunca a paz foi mais procurada do que nos momentos atuais da história. Quem consegue esquecer 11 de setembro de 2001? O mundo ficou com medo, vulnerável. Os limites dos seres humanos ficaram claros. Não somos tão fortes como pensamos. Não conseguimos construir um mundo de paz e harmonia.

Por que anunciar paz às nações?

1. Porque elas não conseguem construir a verdadeira paz
Em Zacarias 9 há a menção de várias nações, povos e cidades: terra de Hadraque e Damasco (v.1); Hamate, Tiro e Sidom (v.2); Ascalom, Gaza e Ecrom (v.5); Asdode e Filisteus (v.6). De alguma forma cada um deles tenta estar em segurança e procura se proteger. Veja o caso de Tiro que "edificou para si fortalezas" (v.3) e o caso de Ecrom que se valeu de falsa esperança (v.5).

O mundo falha em construir a paz. Confia no poder das armas. Armas químicas e bacteriológicas. Armas nucleares. Demonstração de força e poder bélicos. Paz conquistada pelo medo da destruição, depois de muito derramamento de sangue, não é paz verdadeira. É paz vigiada, patrulhada, como acontecia no Império Romano com a chamada "Pax Romana". Os inimigos sem liberdade, aprisionados, vigiados.

Nações querem construir a paz eliminando os inimigos, mantendo grande parte do mundo na pobreza e na miséria. Uma paz com a constante ameaça de embargos econômicos e invasão por exércitos de nações poderosas, não é verdadeira paz.

Infelizmente o homem não consegue construir a paz somente pelo esforço humanitário. Por mais bem que se consiga fazer pelos menos necessitados, não haverá paz completa, porque há uma sede de paz mais intensa, mais interna, da alma.

É preciso anunciar paz Às nações

2. Porque elas não sabem de onde vem a verdadeira paz
"alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, á filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá de ti justo e salvo, pobre, e montado sobre um jumento, e sobre um jumentinho, filho de jumenta" (v.9).

A paz com Deus, a base de toda verdadeira paz entre os homens, só pode vir de Deus. A base da guerra está na guerra interior do homem. Deus estabeleceu um meio de o homem fazer as pazes com ele: por meio de Jesus Cristo, o rei que veio e que quer ser entronizado no coração dos homens. Somente quando ele for rei do coração humano é que o homem poderá construir a verdadeira paz.

Nós sabemos de onde vem a paz! Precisamos anunciar ao mundo a paz que o Rei dos reis quer estabelecer entre os homens. Lembra-se quando os anjos apareceram durante o período do nascimento de Jesus anunciando "Glória a Deus nas maiores alturas, e paz entre os homens..." (Lc 2.14)? É dele e por meio dele que vem a paz entre os homens.

Os homens precisam voltar a visão para Jesus! Em vez disso olham para as armas, para o poder, o dinheiro, a fama.

Anunciemos que somente por Jesus é possível ter paz. "Justificados, pois, pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo." (Rm 5.1).

É preciso anunciar paz às nações...

3. Porque a paz só é possível por meio do domínio de Cristo sobre todo o mundo
"... o seu domínio se estenderá de mar a mar, e desde o Rio até as extremidades da terra." (v. 10).

Paulo disse: "Pelo que também Deus o exaltou soberanamente e lhe deu o nome que é sobre todo nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para a glória de Deus Pai?" (Fp 2.9-11). A mensagem do Evangelho é a mensagem do senhorio de Cristo sobre todos os homens. Esta é a mensagem essencial.

Enquanto o homem não entregar o seu ego, a sua vontade ao senhorio de Cristo, ele estará dominado por outros poderes estranhos aos propósitos para os quais Deus o criou. O senhorio de Cristo significa colocar o homem no caminho da verdade, a verdade de Deus.

Se o mundo deseja paz, precisa submeter-se ao verdadeiro Senhor da Paz, o Príncipe da Paz.

Conclusão
Se alguém me perguntasse agora os motivos que tenho para pregar paz ao mundo eu diria:

1) Sozinho o homem não consegue ter paz, é preciso que ela venha de fora;

2) Ele não sabe de onde vem a paz e é preciso que falemos que ela vem de Jesus; e

3) A paz só é conquistada por meio do senhorio de Cristo sobre os corações. Nenhum projeto de reforma social, agrária, econômica, política etc., poderá construir a paz. Só quando Jesus estiver entronizado nos corações.

Anunciemos paz às nações...

Pr. Jonas Celestino Ribeiro
Registrado
Páginas: [1]   Ir para o Topo
  IMPRIMIR  
 
Ir para:  

Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.10 | SMF © 2006-2008, Simple Machines LLC XHTML 1.0 Válido! CSS Válido!