Os Instrumentos Musicais
Conhecimento Bíblico
14 Dezembro, 2017, 08:41:10 *
Bem-vindo ao

Conhecimento Biblico,

Você é Membro? . Confirme seu Login ou Registrar-se  

Faça o teste Bíblico




Notícias
: Será que você conhece bem a Bíblia???  Faça o teste de Conhecimento Bíblico. http://www.igrejasunidas.com.br/conhecimentobiblico1/users1a_ajuda.php?convidado=Visitante
 
   Home   Ajuda Pesquisa Calendário Confirme seu Login Registrar-se  
Páginas: [1]   Ir para o Fundo
  IMPRIMIR  
Autor Tópico: Os Instrumentos Musicais  (Lida 7550 vezes)
Administrador
Administrator
Sr. Member
*****
Offline Offline

Mensagens: 1458



« : 09 Maio, 2010, 11:45:39 »

Os Instrumentos Musicais
Assim como os ritmos, os instrumentos musicais utilizados dentro e fora das igrejas têm sido alvo de dúvidas e variadas perguntas. Instrumentos que parecem impróprios ou inconvenientes para o serviço do louvor, têm sido constantemente interrogados. Neste capítulo tentarei esclarecer um pouco mais este assunto aos irmãos. Pretendo também esclarecer a relação entre músicos, quantidade de instrumentos e unção no louvor.
Histórico
Na idade média, o órgão acústico era o único instrumento liberado para acompanhar os cantores nas igrejas. Era considerado o único instrumento sacro e o único próprio para harmonizar os cânticos no interior dos templos. Isto ocorria devido ao forte preconceito que existia contra os demais instrumentos, intitulados "pagãos". Portanto, pensava-se que Deus poderia enfurecer-se ouvindo o som de tambores, palmas, cordas ou qualquer outro tipo de som que não fosse o órgão.
Com o passar dos tempos, as igrejas foram quebrando este preconceito inserindo toda sorte de instrumentos musicais e enriquecendo a música cristã.
O que diz a Bíblia?
 No Velho Testamento observamos que o próprio povo de Deus usava uma rica variedade de instrumentos musicais. Confira em I Crônicas 5:13: "...quando os trombeteiros e os cantores estavam acordes em fazerem ouvir uma só voz, louvando ao Senhor e dando-lhe graças, e quando levantavam a voz com trombetas, e símbolos, e outros instrumentos de música, e louvavam ao Senhor, dizendo: Porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre; então se encheu duma nuvem a casa, a saber, a casa do Senhor..."
Nas Escrituras Sagradas, os instrumentos musicais não estão de forma alguma relacionados com paganismo ou com qualquer outro tipo de mal. Não nos deparamos com passagens bíblicas referentes a "instrumentos musicais demoníacos". Não encontramos versículos onde Deus revela que não goste de algum instrumento ou que demonstre alguma preocupação com isso.
No livro dos Salmos, versos 3, 4 e 5, Davi ordena o seguinte:"...Louvai-o com o som da trombeta, Louvai-o com saltério e com harpa, Louvai-o com instrumentos de corda e com flauta, Louvai-o com címbalos altissonantes...". A palavra-chave deste verso é "Louvai-o". Neste trecho percebemos que Davi não deu a mínima importância aos instrumentos, porém estava preocupado com a ordem de louvar a Deus! Acredito que ele quis expressar isto: "Louvem todos, não importa o instrumento musical, Louvai a Deus, Louvai-o com teu fôlego, Louvai ao Senhor!
Em 1 Cr 13.8, Davi e o povo de Israel louvavam a Deus com dois instrumentos não mencionados no Salmo 150: "Davi e todo o povo de Israel alegravam-se perante Deus com todas as suas forças, cânticos, com harpas, com alaúdes, com tamborins, com címbalos e com trombetas". Você consegue perceber a variedade de instrumentos que os dois versos citam? Aqui estão eles: trombeta, saltério, harpa, instrumentos de corda, flauta, címbalos altissonantes, alaúdes e tamborins. É uma verdadeira orquestra!
Compreendemos que o povo de Israel não possuía preconceito algum vinculado a instrumentos musicais, porém possuía uma rica variedade deles. Confira em II Samuel 6.5: "E Davi, e toda a casa de Israel, tocavam perante o Senhor, com toda sorte de instrumentos de pau de faia, como também com harpas, saltérios, tamboris, pandeiros e címbalos". As Escrituras Sagradas revelam em I Crônicas 15.16: "E Davi ordenou aos chefes dos levitas que designassem alguns de seus irmãos como cantores, para tocarem com instrumentos musicais, com alaúdes, harpas e címbalos, e levantarem a voz com alegria". Poderíamos citar mais dezenas e dezenas de versículos a respeito da grande diversidade de instrumentos que povo possuía.
Apesar de todos estes versos citados alguns deverão se questionar: "Será que o som barulhento de algum instrumento não tem influência sobre o louvor?", "Há instrumentos que podem atrapalhar um ambiente de louvor a Deus?". Estudaremos esta questão nas explicações abaixo.
O Louvor Claro e o Louvor Incerto
Apesar do povo Hebreu possuir toda essa variedade de instrumentos, a Bíblia relata que quando Moisés descia do monte com as tábuas da lei, ele ouviu juntamente com Josué, uma cântico duvidoso, que trazia incerteza, ao próprio Josué que era guerreiro. Ele não conseguia discernir que tipo de cântico era aquele. Observe em Êxodo 32.17 à 19: "Ouvindo Josué a voz do povo que gritava, disse a Moisés: Há um alarido de guerra no arraial. Respondeu-lhe Moisés: Não é alarido dos vencedores nem alarido dos vencidos, mas alarido dos que cantam é o que ouço. Logo que se aproximou do arraial, viu ele o bezerro e as danças; então, acendendo-se-lhe a ira, arrojou das mãos as tábuas e quebrou-as ao pé do monte...". Alarido significa algazarra, gritaria. O texto deixa claro que o cântico era de idolatria, mas se confundia com cântico de guerra.
Será que estamos sabendo utilizar os nossos instrumentos para gerar louvores claros e inconfundíveis ao nosso Deus? Você entente? Não devemos ter preconceito contra instrumento algum, mas sim aprender a utilizá-los de uma forma clara e inteligível a todos. Com relação ao volume, deve-se ter percepção e sensibilidade para se controlar diante dos instrumentos conforme o espaço no qual se canta, produzindo assim, um ambiente agradável de louvor a Deus!
 O Músico e o Instrumento
Os instrumentos em si não possuem maldade alguma. O problema maior quase sempre está relacionado com a pessoa que o executa, o músico. Em Am 5, 21-23 , Amós fala em lugar de Deus: "Aborreço, desprezo as vossas festas, e com as vossas assembléias solenes não tenho nenhum prazer. E, ainda que me ofereçais holocaustos e vossas ofertas de manjares, não me agradarei deles, nem atentarei para as ofertas pacíficas de vossos animais cevados. Afasta de mim o intrépido dos teus cânticos; porque não ouvirei as melodias das tuas liras." O texto acima expressa a desaprovação de Deus com relação às pessoas. Porém, a condenação não era pela qualidade musical dos levitas mas pela qualidade espiritual. Certamente os músicos estavam tocando maravilhosamente, mas os corações dos cantores e da congregação estavam frios.
Infelizmente, o texto acima expressa atitudes muito conhecidas hoje em dia. Há músicos evangélicos que possuem um grande potencial musical, mas não há presença e poder de Deus quando executam os seus instrumentos. Tenho visto muitos shows cristãos realizados sobre grandes palcos repletos de instrumentos musicais caros, tecnologia de ponta, raios de luzes, etc., porém faltando o principal, a unção de Deus.
Quantidade de Instrumentos Musicais
Em Efésios 5:18,19 a Bíblia relata "...e não vos embriagueis com vinho, em que há devassidade, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no nosso coração." Nestes dois versos podemos constatar a falta de instrumentos musicais, porém o texto não nega que podemos cantar salmos, hinos, cânticos espirituais, etc.
Comumente, pensamos que Deus só vai operar no louvor quando possuirmos um conjunto de instrumentos completo. Deus deseja manifestar sua presença independente da quantidade de instrumentos musicais, músicos ou cantores!
Há pessoas que desanimam facilmente quando vêem um só instrumento presente na igreja. Inconscientemente pensam que o louvor não vai alcançar o trono de Deus. Acontece o mesmo com os músicos. Todos desejam estar dentro de um bom grupo de instrumentistas. Porém quando ministra sozinho, o músico se inquieta e sente-se inseguro.
Como já mencionei anteriormente, Deus deseja estar presente em nosso louvor independente da quantidade de instrumentos musicais ou músicos. Você pode sentir a presença Dele tocando apenas um violão ou cantando sem instrumento. O propósito do Senhor é ouvir o som que sai dos nossos corações!
Registrado
Páginas: [1]   Ir para o Topo
  IMPRIMIR  
 
Ir para:  

Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.10 | SMF © 2006-2008, Simple Machines LLC XHTML 1.0 Válido! CSS Válido!